Curso gratuito para você ter Vitalidade em todas as áreas da sua Vida

Limpeza Intestinal

Formas de Limpar o Intestino

Como vimos no nosso vídeo “Desintoxicação: O Grande Negócio”, é comum no mundo de hoje que grande parte de nós sofrermos de sujeira intestinal, e isso é um grande mal. Dentro de dezenas de formas existentes para limpar os intestinos, minha intenção é te informar sobre 3 delas, elas foram escolhidas pela simplicidade de funcionamento e pelo histórico de anos de prática desses métodos.

Fibra de Psílio

 

A forma mais simples para limpeza, sem incômodos, que quase todos (gestantes, pessoas com problemas médicos, diverticulites etc. devem evitar) é fazer um ciclo de fibras de psílio (Psyllium Husks), o ciclo dura 10 dias e ajuda a retirar uma parte da sujeira, ele não tira tudo, mas é uma bela ajuda e promove resultados.

O psyllium é uma planta nativa da Europa, e a parte que consumimos no ciclo para limpeza intestinal é apenas a casca das sementes.

 

Como funciona a limpeza

120g são necessárias para o ciclo de 10 dias.

Cada dose é de uma colher de sopa (5 gramas) e deve ser diluída em um copo de água ou suco e tomada imediatamente.

Dia 1

Toma-se uma dose após o almoço ou a janta.

Dia 2

Toma-se uma dose após o almoço e mais uma dose após a janta.

Dia 3, 4, 5, 6, 7 e 8

Toma-se uma dose após o café da manhã, outra dose após o almoço e mais uma dose após a janta.

Dia 9

Toma-se uma dose após o almoço e mais uma dose após a janta.

Dia 10

Toma-se uma dose após o almoço ou a janta.

Recomendações devem ser seguidas para se realizar o ciclo:

  1. Devem-se consumir cerca de dois litros de líquidos por dia durante todos os 10 dias do ciclo, pois sem água a fibra poderia parar de se mover.
  2. Reservar tempo para ir ao banheiro. O psyllium não causa diarreia nem prisão de ventre, porém para o sucesso da limpeza é necessário ir ao banheiro evacuar pelo menos uma vez ao dia. Caso não for ao banheiro todos os dias interrompe-se o ciclo e simplesmente recomeça o ciclo quando já tiver regularizado as idas ao banheiro.
  3. Consumo diário de alguma de uma destas bebidas: suco de limão direto da fruta, água de coco ou suco de laranja direto da fruta. Devido aos minerais que estes possuem.

Quem quer tirar o maior proveito do ciclo de purificação as práticas a seguir servem para otimizar os resultados do ciclo de 10 dias:

  1. Consumo diário de probióticos, de preferência chucrute, kefir de água, kombucha ou misso, durante o ciclo e nos dias seguintes.
  2. Evitar o consumo de laticínios, comidas pesadas, frituras e todo tipo de derivados de farinha de trigo mesmo que integral (macarrão, pizza, pão, bolachas e biscoitos etc.).
  3. Tomar bastante sucos de frutas e verduras frescas e água de coco, várias vezes ao dia.
  4. Massagear o abdome com um creme ou óleo de massagem (ex. óleo de coco ou amêndoas).
  5. Resevar mais tempo para ir ao banheiro, se costuma ir uma vez ao dia, reserva-se tempo para ir duas vezes.
  6. Praticar esportes leves, alongamentos e ioga.

Cuidados e contra-indicaçoes:

  1. O uso das fibras de psyllium são indicadas para pessoas saudáveis, caso tenha algum problema de saúde ou alergias procurar orientação profissional antes de fazer uso.
  2. Contra-indicado para Gestantes, pessoas com complicações gastro-intestinais ou que não tenham regularizado a frequência dos movimentos intestinais para pelo menos uma vez ao dia.
  3. Se durante o ciclo você não estiver bebendo água suficiente (2 litros) ou deixar de ir no banheiro interrompe-se o uso e recomeça-se quando for capaz de beber líquidos e do funcionamento adequado dos intestinos pelo menos uma vez ao dia.
  4. Recomenda-se esperar entre 2 e 6 meses para repetir o ciclo caso seja necessário. Não se faz ciclos mais longos do que 10 dias e nem mais de um ciclo seguidos, pois a intenção é limpar e não adaptar o organismo a funcionar a base desta fibra.

Onde Encontrar o Produto Certo?

A parte utilizada da planta é a casca da semente e tem a aparência da foto acima.

Essa fibra que pode ser encontrada em lojas de produtos naturais como um alimento normal e vendido a granel ou em pacotinhos.

Atenção, várias empresas comercializam a fibra do psílio, mas a maioria vende em capsulas, o que é vantajoso para quem quer fazer uso vitalício do produto como facilitador dos movimentos intestinais e não para ser usado em protocolos de limpeza dos intestinos.

 

Enema

 

Uma das formas de realizar a limpeza do intestino grosso é realizar uma lavagem e o enema é uma das formas mais simples possíveis. Apesar de haver parte da classe médica que reclama que não existem pesquisas consistentes a favor do método e também o fator de risco, especialmente para pessoas que possuem algum tipo de problema intestinal, o enema é algo que faz parte da história recente de diversas culturas humanas, desde tempos de medicinas ancestrais até a prática no século passado especialmente em zonas rurais, como algo que aliviava diversos tipos de doenças.

Como funciona um enema

O enema é uma forma de se lavar com água limpa o intestino grosso. Ele funciona da seguinte forma:

  1. Utiliza-se uma bolsa ou baldinho específico para isso (como os da foto) para conter uma certa quantidade de água (500ml – 2litros). Essa água é em geral potável e na temperatura morna (a mão precisa poder ficar 10 segundos dentro da água sem queimar), em geral não se usa água fria pois é difícil para o organismo.
  2. Uma mangueirinha liga o recipiente a uma pequena torneira com uma ponteira própria para isso, em geral de plástico.
  3. Essa ponteira é lubrificada e inserida até 5 cm pelo ânus.
  4. Com o recipiente com água posiciona em local mais alto do que o corpo da pessoa, e com a ponteira no ânus, a água corre pela força da gravidade para dentro do intestino da pessoa.
  5. A pessoa após receber toda a água, fica até 3 minutos com a água dentro do intestino (alguns ficam mais tempo), podendo massagear a barriga durante o processo e depois vai ao vaso sanitário expelir todo o conteúdo.
  6. Em geral leva-se 20-30 minutos para expelir toda a água e resíduos fecais e pronto.

Apesar de ser um procedimento que pode causar estranhamento as pessoas novas no assunto, ele é extremamente simples, nada mais do que lavar com água limpa o intestino grosso. É recomendado o consumo de probióticos e alguns minerais após a realização do processo, basicamente o consumo de kefir, chucrute (ou outro probiótico) e água de coco ou suco cítrico (minerais) resolvem a demanda.

Alguns profissionais de saúde desaconselham o procedimento, especialmente por acreditarem que pode haver um risco de ruptura da parede intestinal, algo muito raro de acontecer, mas, não impossível, então, especialmente quem tem quadros patológicos intestinais, como por exemplo diverticulite, deveria fazer apenas com prescrição médica.

Por outro lado, alguns médicos, dentre eles um que considero notável e respeito muito o trabalho, pois é uma referência mundial em saúde do estômago e dos intestinos, o Dr. Hiromi Shinya, que já teve mais de 300 mil pacientes ao longo de sua carreira, é a favor da prática de enemas. Inclusive com o café ao invés da água.

Os relatos que eu recebi de pessoas que realizaram foram sempre muito positivos, mas, não passaram do número de 100 e tampouco foram registrados clinicamente.

Variações do enema incluem o enema de café e os enemas tradicionais da medicina ayurvédica, que incluem chás, ervas e óleos.

Hidrocolonterapia

 

Outra forma de limpar o intestino por lavagem é usar a técnica da hidrocolonterapia, assim como com o caso do enema, existem opiniões divergentes sobre o assunto, mas, mesmo assim existem profissionais trabalhando há anos com isso pelo mundo, inclusive no Brasil.

Como funciona a hidrocolonterapia

A hidrocolonterapia funciona de forma semelhante ao enema, mas, é feita de forma ligeiramente diferente. Veja os detalhes de execução:

  1. As sessões são realizadas em um espaço profissional e preparado para isso, existe uma máquina que controla a temperatura da água, a pressão com a qual a água vai entrar e sair do colon. Também é possível que o terapeuta veja o conteúdo que sai, o que possibilita um diagnóstico do material que estava dentro.
  2. O processo é feito em cerca de 45 minutos, dependendo do caso, a água vai entrar e sair até umas 4-5 vezes e limpar mais profundamente do que apenas uma lavagem do enema (que também poderia ser repetida). Todo o processo é simples, e não provoca nenhum cheiro desagradável e nada do tipo. Dependendo da terapeuta é possível receber uma massagem durante a sessão que facilita com que se soltem possíveis resíduos presos no intestino.
  3. A maioria das clínicas que realizam o processo recomendam um ciclo de sessões, para limpar o máximo possível. Esse diagnóstico é melhor realizado após a primeira sessão já que é possível ver o conteúdo e a quantidade do que sai.

Assim como no caso do enema, existe a recomendação de reposição de probióticos e minerais, o que o consumo de alguns produtos fermentados como chucrute ou kefir (probióticos) e água de coco ou sucos cítricos (minerais) resolvem. Algumas contra indicações para o processo seguem a linha do enema: algumas doenças intestinais contra indicam a terapia e também vários profissionais reclamam que existem poucas pesquisas clínicas para comprovar a eficácia, mesmo com inúmeros casos de pessoas que realizaram o processo e relataram benefícios.

É interessante notar que o processo é simples, sem dores ou complicações pós. Após a sessão a pessoa pode utilizar o banheiro e ir trabalhar normalmente. Na minha experiência é possível, mas, realizar em um spa ou período de férias torna a experiência ainda mais agradável.

Pense comigo. O que acontece se a gente encher uma lixeira de cozinha de comida mastigada, e deixar por uma semana no Sol quente? Vai no mínimo soltar aquele caldo nojento que vaza da sacola plástica. E se dentro do seu corpo tiver uma condição parecida? Já pensou no alívio do corpo não ter sujeira extra para limpar?

Compartilhe

  • Salve essa página nos seus favoritos para sempre ter acesso a esse conteúdo extra.
  • Se você deseja rever os vídeo, ler sobre o curso, o responsável e os apoiadores clique aqui.
  • Para entrar em contato envie um email para atendimento@manualhumano.com.br
  • Se você quer voltar a página inicial da área de membros clique aqui.

Muito obrigado pela sua Presença.

Com Amor,

Paulo Yamaçake

Contato pelo email atendimento@manualhumano.com.br

O Curso Saúde Radiante e todo o seu material são materiais informativos, qualquer ação realizada pelo expectador é de total e inteira responsabilidade do mesmo.